Juiz de Fora (MG) vai subsidiar transporte coletivo para manter preço da passagem de ônibus

A Prefeitura de Juiz de Fora, em Minas Gerais, vai subsidiar o transporte coletivo para manter o preço da passagem de ônibus sem reajuste.

A decisão foi resultado da Mesa de Diálogo e Mediação de Conflitos do Transporte Coletivo Urbano, apresentado nesta quinta-feira, 24 de junho de 2021.

O valor atualmente está em R$ 3,75 e poderia subir para R$ 6,05, segundo a Prefeitura. Na próxima semana, um projeto de lei do executivo será encaminhado para análise da Câmara Municipal para aprovação das propostas e dos valores de subsídios envolvidos.

Para viabilizar a medida, será criada uma tarifa social, por meio de subsídio mensal, além da criação de um comitê gestor do sistema, paritário entre poder público municipal e sociedade civil. A Prefeitura informa ainda que haverá melhoria do serviço prestado.

Em nota, a administração municipal informou que as conclusões encontradas pela mesa têm como principal objetivo viabilizar a continuidade do sistema de transporte e garantir ao cidadão o direito constitucional ao transporte público e à mobilidade urbana no município.

“O resultado deste diálogo da mesa é muito importante, sobretudo, porque mantém o valor da tarifa em R$ 3,75, caso contrário, pela planilha e contrato vigente, sairia a R$ 6,05. O usuário não será penalizado com nenhum aumento. Outra questão principal do acordo é a garantia do emprego dos trabalhadores pelas empresas, que não vão realizar demissões. O transporte coletivo é um direito fundamental, é um direito à cidadania. E sem ele, efetivamente as pessoas estariam cerceadas do exercício pleno da cidadania, do seu direito de ir e vir”, enfatizou o presidente da mesa e secretário de Planejamento do Território e Participação Popular, Martvs Chagas, em nota.

O comitê gestor do transporte coletivo será paritário entre a Prefeitura e a sociedade civil para tomadas de decisões e contará com a participação das secretarias de Governo, Mobilidade Urbana, Planejamento do Território e Participação Popular e Fazenda, além de representantes do Sintro, dos usuários e de cada um dos consórcios de empresas.

A Mesa de Diálogo e Mediação de Conflitos, criada para elaborar estudos e busca de soluções para o transporte coletivo urbano do Município, foi aberta no dia 23 de abril de 2021.

Segundo a Prefeitura, o preço atual da tarifa de ônibus não é reajustado há quase dois anos, desde 25 de novembro de 2019. Antes disso, o valor havia sido reajustado para R$ 3,35 em 05 de novembro de 2018.

fonte

© 2021 Master Transp. de Passag. Ltda. || Avenida Euclides da Cunha, 640 - Vilar dos Teles - São joão de Meriti - RJ || Tel.: +55 21 3575-1900